27 de novembro de 2015

Engenharia Civil da Ufal comemora 60 anos com palestra de Ronaldo Lessa

O que motivou a plateia presente questionar os rumos que o Estado deve tomar

O Crea, em comum acordo com a Universidade Federal de Alagoas (UFAL), organizou, na última segunda-feira (25), no próprio auditório, dois eventos prestigiados pelas presenças de profissionais, estudantes, dirigentes de entidades de classe, professores e ex-professores da Ufal, conselheiros e representantes da sociedade civil.

Por parte da Universidade Federal, houve a comemoração dos 60 anos do Curso de Engenharia Civil – considerado hoje, por órgãos de pesquisas, como o 10º melhor no ranking das universidades brasileiras – e, logo após a solenidade, ocorreu uma palestra do deputado federal e engenheiro civil Ronaldo Lessa que coordena a bancada federal de Alagoas no Congresso Nacional, a respeito do tema “Perspectiva para a Engenharia Alagoana no ano de 2015”, o que motivou a plateia presente a questionar os rumos que o Estado deve tomar diante da atual conjuntura econômica de contenção de crescimento do PIB e a expectativa do aperto na economia do país advindo de um ajuste fiscal proposto pelo governo federal.

DSC_0045

O presidente Dacal proferiu um breve pronunciamento de abertura do evento e, ao agradecer e parabenizar a Ufal, lembrou, com emoção, os tempos da academia porque via na plateia seus professores e que, de repente, sentia um forte desejo de reviver os tempos da banca escolar. Ressaltou a honra em participar dos 60 anos de um curso que continua sendo motivo de orgulho dos alagoanos por estar bem classificado no meio acadêmico como o 10º melhor do Brasil.

Referindo-se ao ex-professor da universidade e ex-presidente do Crea-AL, engenheiro civil Vinicius Maia Nobre – presente à solenidade -, disse que não poderia deixar passar a oportunidade de informar que, por unanimidade da Comissão do Mérito, Vinicius vai ser agraciado com a Medalha do Mérito oferecida pelo CONFEA, durante a realização da 72ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), o maior evento da engenharia nacional que acontecerá em Fortaleza no mês de setembro.

DSC_0066

ESCOLA DA ENGENHARIA – O relato sobre a implantação do curso de engenharia civil, nos idos de 1955, foi feito pelo professor Francisco Patrick Araújo Almeida que coordenou o evento e deu alguns dados interessantes a respeito da fundação da escola como a data da primeira aula, corrida no mesmo ano da criação, e a colação de grau de quatro engenheiros civis formados em 1959. No início dos anos 70 a faculdade mudou-se da antiga praça da reitoria para o centro de tecnologia A. C. Simões onde funciona até hoje.

Ronaldo Lessa disse que se sentia em casa. Fez um balanço da sua vida política partidária e da sua preocupação com o que está ocorrendo em Brasília quando se busca alternativas para que o governo possa errar menos. Falou dos recursos que estão sendo destinados para obras estruturantes em Alagoas e salientou que o pacto federativo precisa ser revisto.

DSC_0137

“O ajuste do governo federal tem que começar de cima da pirâmide e não da base porque quem está sendo penalizada é a classe média. Por isso não acho que a reforma tributária possa passar com facilidade no congresso. Precisamos é de uma revisão constitucional urgente para que haja um ajuste mais justo para a sociedade”, desabafou.

Segundo o parlamentar, é dever do governo alagoano fazer a lição de casa com os recursos que estão chegando para a construção de hospitais e recuperação dos postos existentes. “Trabalho, expectativa e esperança, é o que precisa ser colocado em prática pelo atual governo para a juventude de Alagoas”, concluiu.