13 de setembro de 2017

O que você precisa saber para se tornar engenheiro agrônomo

Ilustração

O profissional formado em Agronomia tem o objetivo de melhorar a qualidade e produtividade de rebanhos, plantações e produtos agroindustriais. O agrônomo cuida do planejamento, coordenação e execução das atividades relacionadas a todas as etapas de um agronegócio. Ele acompanha o preparo e o cultivo do solo, o processo de colheita, o armazenamento e a distribuição dos alimentos.

As exigências de qualidade e controle dos produtos de origem animal e vegetal no mercado internacional e nacional também contribuíram para que esse profissional seja indispensável. Para exercer essa profissão, é necessário ser bom com números, gostar do trabalho no campo, de tecnologias e ser muito curioso.

Mercado de trabalho

As possibilidades de atuação de um profissional formado em Agronomia são grandes, o mercado de trabalho se mostra aquecido e com boa  absorção dessa mão de obra. O Brasil é um grande produtor agropecuário, o que aumenta as possibilidades de atuação deste profissional. Além disso, quem se forma em Agronomia pode atuar em empresas públicas e privadas.

Um campo da Agronomia que está em alta é o de biocombustíveis. Essa área apresenta um bom crescimento na economia nacional, possibilitando que um agrônomo possa colaborar tanto na produção de matérias-primas, como no plantio e na lavoura de insumos utilizados produção do biocombustível.

Sobre o curso superior em Agronomia

O curso de Agronomia é do tipo bacharelado e dura em média cinco anos. Nos primeiros semestres da graduação, o aluno tem disciplinas mais básicas, como Matemática, Química, Biologia, Informática e Estatística. Depois disso, o estudante passa a obter conhecimentos específicos da profissão, com disciplinas como: Engenharia Rural, Engenharia Florestal, Ciências do Solo e Agricultura.

É uma formação que conta com aulas práticas e atividades em campo.

Fonte: Guia da Carreira / Canal Rural