Com o objetivo de valorizar os serviços prestados pelos profissionais de agronomia, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-AL), juntamente com a Sociedade dos Engenheiros Agrônomos de Alagoas (Seagra) e o Sindicato dos Trabalhadores da Extensão Rural (Sindagro) querem mostrar às instituições públicas e seus gestores a importância da extensão rural no desenvolvimento de Alagoas. Para impulsionar esta intenção, será realizado o Seminário Contém Agronomia, no próximo dia 31 de julho, às 9h, no auditório do Crea-AL.

Programação

Afinal, o que faz um engenheiro agrônomo?

O agrônomo ou engenheiro agrônomo cai em campo (perdoe-nos o irresistível trocadilho) todos os dias com a gloriosa missão de aperfeiçoar a produtividade e manter a qualidade de plantações e rebanhos mundo a fora. Por ter o conhecimento aprofundado de diversas técnicas de cultivo e criação de animais, esses profissionais podem atuar em quaisquer etapas da cadeia produtiva: do plantio à colheita, da criação de gado ao abate, além de viabilizar o processamento do que for produzido e da logística por trás da venda de produtos agropecuários. Sem falar no constante monitoramento e preparo do solo, pesquisa e combate de pragas e doenças, controle da colheita, armazenamento adequado e a distribuição da safra para vários lugares. Você provavelmente já suspeitava que o agrônomo pode lidar com todas essas tarefas ao longo de um dia de trabalho, certo? Mas não para por aí.

 

O QUE MAIS um agrônomo pode fazer?

 

Administração rural

Tomar conta daquele monte de hectares das propriedades rurais dá um trabalhão. Mas pode deixar essa tarefa com os graduados em agronomia, pois eles têm tudo o que é preciso para gerenciar várias unidades de produção ao mesmo tempo, desde o planejamento de compra de insumos até o gerenciamento de equipamentos e recursos humanos.

Defesa sanitária

Nem uma nem sete pragas. Com a expertise dos engenheiros, o combate às pragas é certeiro: os produtos fitossanitários são dosados com base em critérios rigorosos, mantendo a saúde das lavouras e dos consumidores. Afinal, prevenir doenças em lavouras e rebanhos é essencial para manter a produtividade e o abastecimento para os mais de 7 bilhões de moradores da Terra.

Economia e administração agroindustrial

“E nas cotações para hoje: o preço da arroba do boi caiu e a saca de soja se manteve estável”. Quem nunca escutou uma frase como essa nos programas de televisão voltados à agropecuária? Pois saiba que a economia em torno desses produtos tem tudo a ver com o universo da agronomia. Outra atuação relevante é na coordenação de programas de crédito rural para os pequenos produtores e cooperativas.

Fitotecnia

Através da fitotecnia, os agrônomos analisam o cultivo e a colheita de safras em busca do aumento da produtividade por meio da seleção de sementes de acordo com cada adubo e a resistência à pragas. Nada como separar o joio do trigo, certo?

Manejo ambiental e silvicultura

Produção consciente é o que há e quem sabe tudo de agronomia é capaz de explorar os recursos naturais de forma sustentável, sempre visando a preservação ambiental. Além disso, atividades como elaboração de relatórios de impacto ambiental, recuperação de terras degradadas e coordenação de projetos de reflorestamento também fazem parte do universo desses profissionais.

Solo e obras

De terra eles entendem! Seja para preservar a fertilidade, manejo e controle das propriedades físicas dos solos ou para realizar o projeto de obras em propriedades rurais (incluindo o nivelamento e montagem de sistemas de irrigação), a formação em agronomia permite a execução completa dessas ações.

Atuação silenciosa (e valiosa!)

Agora que apresentamos algumas das incontáveis atuações possíveis dos engenheiros agrônomos, nosso próximo encontro aqui no blog vai te surpreender com diversas curiosidades que, de alguma forma de outra, os engenheiros estão envolvidos. Para matar a curiosidade: a pesquisa de cenouras levou à invenção dos painéis de cristal líquido, dá para acreditar? Até lá!