6 de setembro de 2019

Crea participa da abertura do Fórum Norte Nordeste da Construção

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL), por meio de seu presidente, o eng. civil Fernando Dacal, participou, na manhã desta sexta-feira, 6, da abertura do Fórum Norte Nordeste da Indústria da Construção. O Fórum que aconteceu durante todo o dia, teve por objetivo alinhar estratégias em nível regional com assuntos de interesse não apenas do setor, mas de toda a sociedade, como os financiamentos para os programas habitacionais e meio ambiente, dentre outros temas.

Promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas (Sinduscon-AL), pelo Fórum Norte Nordeste da Indústria da Construção (FNNIC) e Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (ADEMI), o evento tem o apoio da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (FIEA) e foi aberto na sede do Sinduscon-AL com o painel sobre “Políticas e programas habitacionais para a região Norte e Nordeste – avaliação de mercado”.

Estiveram presentes na abertura, além do presidente do Crea-AL, o secretário Estadual de Infraestrutura, Maurício Quintella Lessa, a presidente do Fórum Norte Nordeste da Indústria da Construção (FNNIC), Lecy Garcia, o presidente do Sinduscon-BA, Carlos Henrique Passos, presidente do Sinduscon-MA, Fábio Munhoz, o presidente do Sinduscom-AM, Frank do Carmo, diretores do Sebrae Alagoas e Nacional, e representantes de instituições que fazem parte da cadeia produtiva da construção civil do país.

O presidente do Crea-AL, Fernando Dacal, enfatizou a importância de Maceió sediar eventos tão importantes para o setor da construção. “Precisamos de eventos como esse de hoje que têm vontade de colaborar com uma melhor realidade para todos. E esse é o momento de debater e esclarecer temas fundamentais para o nosso segmento que é a construção civil”, disse.

Segundo o presidente do Sinduscon-AL, Alfredo Brêda, a programação foi pensada para debater e esclarecer temas fundamentais para o segmento e que estão na pauta das principais discussões que envolvem hoje a construção civil e o mercado imobiliário, como os programas habitacionais, inovação na indústria e questões que envolvem o meio ambiente.