26 de novembro de 2015

Crea capacita servidores para implantação do atendimento virtual

Mudança do sistema acontece na próxima segunda-feira (dia 2 de fevereiro) e os profissionais poderão resolver pendências de casa ou do escritório

Com a mudança do sistema corporativo marcada para acontecer na próxima segunda-feira, dia 2 de fevereiro, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL) realiza entre os dias 26 a 30 de janeiro, o treinamento com todos os seus colaboradores. O atendimento virtual será mais organizado, prático e seguro, dando a opção para que os profissionais resolvam suas pendências em casa ou no escritório.

O analista de sistema da Tecnotech, Wanderson Câmara, está sendo o responsável pela capacitação dos servidores do órgão. A substituição do sistema minerva pelo Sitac irá modernizar o atendimento do Crea Alagoas, o 8º Conselho Regional do Brasil a aderir ao atendimento virtual.

“A implantação do Sistema de Informações Técnicas Administrado do Crea (Sitac) irá trazer grandes benefícios para a instituição e ao profissional. Será como se ele tivesse um escritório virtual do Conselho em sua casa ou no trabalho. O trabalhador vai ter acesso a todas as informações possíveis sobre ele. A diminuição da burocracia também é outra conquista. A atualização das atividades do sistema nacional (Confea) será feita de forma automática pelo Sitac”, disse Wanderson.

O responsável pela capacitação ainda complementa que os profissionais não terão grandes problemas na adaptação do Sitec. Para qualquer dúvida, o site está disponibilizando um tutorial com as indagações mais freqüentes dos usuários de outros Estados.

“Através do endereço ‘helpdesk.tecnotech.org/servicos’ os usuários poderão ler o tutorial e se informando do que vai mudar. O objetivo do atendimento online é facilitar a vida do profissionais do sistema. Após a implantação o profissional só irá aparecer no Conselho para tomar um cafezinho e conversar com amigos”, brincou Wanderson.

Os novos serviços

Atualmente, o atendimento online do órgão se limita a emissão de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). Agora, com a chegada do Sitac, diversas operações poderão ser executadas, como por exemplo, a emissão de boletos bancários e anuidades; elaboração de ART’s; emissão de CAT’s (Certidão de Acervo Técnico); parcelamento de dívidas; agendamento para atendimento presencial; certidões de registros e quitação; cadastro de protocolos e outros.