Ação integrada da PRF e Crea-AL prende “Falso Fiscal”

  • Notícias

Uma operação integrada entre a Polícia Rodoviária Federal e o Conselho Regional de Engenharia de Alagoas (Crea-AL) resultou na prisão de Mário Antônio Lima que, durante vinte anos, se passava por fiscal do Conselho e aplicava golpes em todo estado de Alagoas. Mário também atuava em Pernambuco.

Em 2015, o presidente Fernando Dacal protocolou uma denúncia contra o falso fiscal na Polícia Federal. Após a troca de informações entre várias instituições, de como o criminoso agia, a inteligência da PRF conseguiu executar a prisão. Com ele foi encontrado R$ 6.300, placas do Crea, documentos de autuação, carimbos de fiscais dos Creas de AL e PE e outros documentos falsos.

Ele agia extorquindo pessoas que executam obras para fins comerciais ou residenciais, faz uso do nome de fiscais verdadeiros e documentos da autarquia, resultando desta forma em crimes de estelionato e falsidade ideológica. Agora ele se encontra, na central de flagrantes, na Av. Fernandes Lima.

Flagrante

Após contato com a vítima, o homem disse que iria aplicar uma multa por falta de documentação da obra no valor de R$ 8.000 caso não fosse resolvido até o meio-dia, mas depois informou que deixaria tudo por R$ 1.500.

Ele já havia aplicado o golpe, hoje mesmo, em várias obras, nos bairros da Levada, Ponta da Terra, Trapiche, Pajuçara e Jaraguá com o mesmo modus operandi.

O Crea-AL orienta as pessoas, que já foram vítimas do “falso fiscal”, a comparecerem na central de flagrantes, na Av. Fernandes Lima, para prestar queixa, garantindo assim que a justiça seja feita. Lembrando que Mário Antônio já foi preso outras vezes, mas que por falta de provas, foi liberado.