9 de agosto de 2017

Abertura da 74ª SOEA é marcada por homenagens a profissionais do Sistema

20768130_1569132009804663_3226793707508621276_nA noite desta terça-feira, 08 de agosto, marcou a abertura da 74ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), o maior e principal evento para o Sistema Confea/Crea e Mútua. Com o tema “A responsabilidade da Engenharia e da Agronomia para o desenvolvimento do País”, o evento acontece entre 8 e 11 de agosto, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, de Belém (PA).

Na presença de pelo menos 3,5 mil profissionais entre lideranças, presidentes de Creas, dirigentes de entidades, conselheiros, especialista da área tecnológica, autoridades e estudantes, a cerimônia contou também com a já tradicional homenagens do Sistema (Láurea ao Mérito e Medalha do Merito).

Conquista do Crea Alagoas: Medalha do mérito para Fernando Cardoso Gama

dsc_1511Alagoas, mais uma vez, teve um engenheiro civil recebendo a medalha de honra ao mérito no maior evento da categoria, o professor Fernando Cardoso Gama. Na ocasião, sua filha Maria do Carmo Milito Gama o representou, recebendo a medalha das mãos do presidente do Crea Alagoas, Fernando Dacal.

Segundo Dacal, foi uma homenagem mais que justa para o professor Gama, pela relevância dos trabalhos prestados à toda sociedade alagoana. “Como diz o professor Rostand, ele e o professor Vinícius Maia Nobre, são nossas pedras preciosas da engenharia. Já fizeram muito pela nossa profissão, por isso é mais que justa a homenagem”, ressaltou.

Homenagem especial para a fundadora da Agroecologia

dsc_1551Aproveitando as homenagens, este ano, a Comissão do Mérito aprovou três homenagens especiais. Entre elas, esteve a Engª Agrª Ana Maria Baronesa Primavesi que foi indicada pela Câmara Especializada de Agronomia (CCEAGRO), onde tem seu coordenador nacional, o conselheiro do Crea Alagoas e engenheiro agrônomo José Reinaldo de Sá Falcão.

Para Falcão, a agronomia brasileira se sente reconhecida na pessoa da professora Ana Primavesi. “Essa homenagem feita pelo Confea, através da nossa indicação, é um reconhecimento de todos os agrônomos do Brasil. Aqueles que vivem na luta, Brasil a fora, para que a agroecologia seja realmente fortalecida, entendida como a base estrutural na formação de novos profissionais”, finalizou.